O mal do afeto ao pecado venial.

As aranhas não matam as abelhas, mas a levam a perder e corrompem o mel e embrulham com suas teias os favos de mel de sorte que as abelhas não podem trabalhar, mas isto ocorre quando as aranhas se estabelecem ali. Da mesma maneira, o pecado venial não mata a nossa alma; infecta, não obstante, a devoção, e enreda de tal maneira, com maus hábitos e más inclinações, as potências da alma, que não pode esta exercitar com presteza a caridade, na qual consiste a essência da devoção; mas isto se entende quando o pecado venial habita em nossa consciência pelo afeto que lhe temos.

(São Francisco de Sales, em Filotéia ou Introdução à Vida Devota, I,22.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s